A VOZ DA CONSCIENCIA

                                               A   VOZ    DA    CONSCIENCIA

 

Como realmente sabemos, em cada indivíduo há uma pequena voz interior que o adverte que ele pratica o bem ou o mal. Realmente, e sem nenhuma dúvida, a real aceitação humana do bem e do mal, muda com as sociedades e as épocas. Mas, porém, o mais importante é que cada pessoa tem, portanto, uma referência interior, e é bem impressionante que a pessoa seja infeliz, quando ela não o é na realidade.

Realmente, é do nosso próprio conhecimanto que a consciência distingue entre o bem e o mal, e dá assim ao homem sua verdadeira dimensão moral. Ao cometer más acções, elas tornam-se uma voz interior e acusadora, que nos lembra constantemente. Sim, é esta permanente voz de uma consciência muita carregada, que sempre nos procura fazer calar, por um encadeamento de actividades, ou mesmo pelas constantes práticas religiosas. Muitas vezes é debalde, porque ela nos dá a impressão do mau estar que perturba toda a noite o nosso sono. Esta consciência nos faz compreender que existe realmente uma justiça que verdadeiramente nos ultrapassa e que nos ultrapassará, e que é peciso um dia dar conta da nossa conduta. Realmente é a grande bondade do nosso Criador de nos ter dado este avisador interior, que nos permite a não mais cometer as más accões que não nos deixan dormir em paz cada noite da nossa existência.

 

 

Laisser un commentaire