UM ESTRANHO INSECTO AQUATICO

UM ESTRANHO INSECTO AQUÁTICO

(Caros leitores, este artigo também se encontra escrito em ESPERANTO e em Português.)

Pois, caros leitores, trata-se de um pequeno animal de apenas 2mm, que é um insecto aquático. Para aliciar as fêmeas ele usa seu pénis, como instrumento musical. A capacidade do seu canto atinge quase 100 decíbeis, equivalente ao som de uma orquéstra colacada na primeira fila.

O dito insecto é um percevejo aquático, que os Cientistas do Museu Nacional de História Natural de Paris e da Universidade da Escócia em Stratchellyde, conseguiram gravar e medir, pela primeira vez, com microfones debaixo da água. O som produzido pelo Micronéctar Scholtzi, ao esfregar o pénis contra o abdómen, é conhecido como o processo de estridulação.

Os cientistas notaram que, apesar de que 90% do som se perde, ao passar da água para a atmosféra, o canto é tão intenso, que se uma pessoa passa na margem, poderá ouvi-los a cantar lá do fundo do rio.

Como sabemos, até esta os animais mais barulhentos da Terra, costumam ser as baleias azuis e os elefantes . Porém, segundo o estudo comparado com a intensidade do som, em relação ao tamanho do seu corpo, o Micronecta Scholttzi realmente é o campeão.

A conferência annual foi realizada em 1 e 4 de julho passado em Glasgow, ( Escócia ) pela Sociedade, pela Biologia Experimental. E segundo Windmill, é um grande mistério, em comparação como os tais insectos conseguem fazer tanto barulho, já que eles apenas utilizam uma zona de 50 micrómetros, equivalente à largura de um cabelo humano para estridulação.

Segundo os biólogos, os estudos poderão contribuir para a conservação das espécies, já que os sons desses insectos poderão servir para realizar um acompanhamento da biodiversidade, enquanto que do ponto de vista de enginharia, poderia ser aproveitado pela acústica, segundo Windmill.

* * * * * * * * * *

Sinceramente sou,   O   PUPILO   DAS   MUSAS.

Laisser un commentaire